Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Outubro 14, 2013

Edição 954 | Ano V

São Paulo / SP
Bovespa continua a dar prejuízo mesmo com saida de EikeO declínio do império de Eike Batista é frequentemente apontado como o motivo das perdas da Bolsa brasileira, mas, mesmo sem as empresas X, o ano não tem sido fácil para o mercado de ações. O Ibovespa (principal índice da Bolsa) se desvalorizou neste ano em 12,8%, o pior resultado entre os grandes mercados globais. Porém, a ausência das empresas do ex-bilionário Eike, que recuaram de 31,5% a 95,2% em 2013 (veja quadro), não torna o índice lucrativo. Segundo levantamento da consultoria Empiricus Research, o Ibovespa acumula queda de 7,1% sem os papéis das empresas X que estão no índice (LLX, MMX, OGX) e permanece distante de seus pares no exterior. Vale lembrar que, a partir de hoje, o controle da LLX deixará de ser de Eike e passará ao grupo americano EIG. No mês passado, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, afirmou que a crise das empresas de Eike arranhou a "reputação" brasileira. "A situação da OGX…