Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Maio 16, 2013

Edição 876 | Ano IV

Da redação - Brasília / DF
Manutenção de indicadores sociais exige PIB acima de 3% ao anoSe o Brasil quiser manter o avanço dos indicadores sociais registrado entre 1970 e 2011, terá de perseguir um crescimento econômico acima de 3% ou 5% por ano. A conclusão é do estudo Desenvolvimento Social no Brasil, apresentado na tarde de ontem, dia 15/5, no 25º Fórum Nacional, no Rio, pelo economista Roberto Cavalcanti de Albuquerque, diretor técnico do Instituto Nacional de Altos Estudos (Inae). Segundo ele, o grande progresso social apresentado pelo Brasil nos últimos 40 anos está acoplado ao próprio crescimento econômico do país. “Quando o desempenho da economia cai, a tendência dos indicadores sociais é empobrecer, é perder força”, disse Albuquerque à Agência Brasil.

Os números mostram que nos anos de 1970, que tiveram forte expansão econômica, o indicador de desenvolvimento social cresceu 4% ao ano, enquanto no período de 1990 a 2000, considerado sombrio para a economia brasileira, o crescim…