Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Janeiro 21, 2013

Edição 814 | Ano IV

Nova Iorque/EUA e São Paulo/SP 
Brasil se torna mais receptivo a investidores
A principal Bolsa de Valores do Brasil previu no começo de 2012 que entre 40 e 45 empresas lançariam ações. Somente três o fizeram. "Pouquíssimas transações foram concretizadas, e pouquíssimas foram bem-feitas", disse Fabio Nazari, chefe da área de mercado de capital de renda variável do BTG Pactual. Muitos emissores encontraram "condições dificílimas". Parte do desempenho medíocre pode ser atribuída a investidores nervosos com a economia global, mas outro tanto também teve a ver com as políticas governamentais do Brasil. Ano passado, o país mudou as regras e pressionou para reduzir os preços ao consumidor em vários setores, incluindo bancos de varejo e empresas de eletricidade. Tais medidas podem ter êxito na redução do custo do consumidor, mas os investidores reclamaram das perspectivas de lucro reduzidas e acusaram o governo de trocar as regras no meio do jogo.
O governo também usou medid…