Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de 2013

Edição 979 | Ano V

_______
OPINIÃO

Setor agropecuário brasileiro não consegue crescer mais

Por Kátya Desessards*


Há 20 anos, o setor agropecuário brasileiro tem evoluído em todos os aspectos. Novas práticas de manejo aliadas a tecnologia foram introduzidas com sucesso. Uma visão de gestão do negócio vem, gradativamente, elevando propriedades familiares ao escopo de empresas. E a união de entidades fortes e participativas junto ao poder executivo de todas as esferas, mostra esse momento de crescimento. 

Os números endossam a nova realidade. Em setembro, o valor bruto da produção agropecuária, até o final deste ano, deve crescer 9,7% e atingir R$ 411,9 bilhões. Os cálculos são do Ministério da Agricultura, que projetou crescimento de R$ 25,8 bilhões (+10,3) no valor da produção das principais lavouras, para R$ 276 bilhões. A estimativa é de crescimento de 8,6% (R$ 10,7 bilhões) na renda da pecuária, para R$ 135,8 bilhões. 

E o que não se está aprendendo com essa nova realidade?

A cada safra, nos últimos 10 anos,…

Edição 978 | Ano V

São Paulo / SP
Indústria automotiva brasileira apresenta ao governo programas de exportaçõesA indústria automotiva brasileira entregou nesta terça-feira em São Paulo ao ministro de Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel, dois programas de incentivos as exportações que têm o propósito de retomar os números recorde de 2005 e dobrar as atuais vendas ao exterior. A Associação Nacional de Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea) apresentou ao ministro um programa de promoção de exportações e outro complementar de novas tecnologias focado no setor de caminhões.

O primeiro programa, "Exportar-Auto", reúne um conjunto de medidas com as quais o setor quer chegar em 2017 à venda ao mercado externo de um milhão de unidades, um pouco mais as 970 mil de 2005, quando se estabeleceu um recorde, e quase o dobro das 550 mil com que o setor espera fechar 2013. A iniciativa, que prevê benefícios tributários, de acesso ao crédito, simplificação aduaneira e investim…

Edição 977 | Ano V

ANÁLISE - Da redação - São Paulo / SP
Armadilha da Renda Média: Visões do Brasil e da ChinaNas últimas décadas, muitos países atingiram um nível de renda média, mas poucos tiveram sucesso em completar a transição para o grupo de países desenvolvidos, caracterizando o que tem sido chamado de “armadilha da renda média”. Embora tenham diferenças marcantes, Brasil e China compartilham o fato de serem duas grandes economias que atingiram o estágio de renda média e ambicionam completar a transição para o grupo de países desenvolvidos. Nesse sentido, o Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (FGV/IBRE) e o Instituto de Estudos da América Latina da Academia de Ciências Sociais da China (ILAS/CASS) fizeram uma parceria com o objetivo de estimular reflexões a partir das respectivas experiências de desenvolvimento e, desse modo, auxiliar na proposição de caminhos diante dos desafios enfrentados por ambos os países. Para divulgar os resultados desse intercâmbio, o IBRE realizou…