Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Agosto 23, 2012

Edição 756 | Ano IV

Brasília / DF
Cresce o custo da dívida pública federal

Apesar da queda da taxa de juros básica da economia, o custo médio da Dívida Pública Federal (DPF) se manteve em alta em julho. Enquanto a Selic passou de 11% ao ano para 8% de dezembro do ano passado até o último mês, os juros médios pagos pelo governo para rolar sua dívida em títulos aumentaram no mesmo período, passando de 12,83% ao ano para 12,88%. Em julho, o estoque da dívida pública federal registrou a primeira queda do ano, de R$ 1,97 trilhão para R$ 1,87 trilhão. Isso porque o governo resgatou parcela importante dessa dívida, que compensou o pagamento de juros no período. Se a queda dos juros básicos ainda não teve reflexo importante sobre a dívida pública, já há sinais de que os investidores estão começando a deixar de lado os papéis corrigidos pela Selic para buscar outros com maior rentabilidade. Pela primeira vez na História, o volume de títulos atrelados à inflação superou o dos corrigidos pela Selic no mercado secundá…