Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Julho 12, 2012

Edição 731 | Ano IV

Da redação - Brasília/DF e São Paulo/SP
Brasil ainda tem 3ª maior taxa de juros reais do mundo


Apesar da queda dos juros básicos (a Selic) de 8,5% para 8%, o Brasil ainda tem a terceira maior taxa de juros reais entre as principais economias do mundo, com 2,3% ao ano. O Banco Central que anunciou ontem, 11/7, a Selic (taxa báxica de juros nominais) foi reduzida 0,5 ponto percentual, de 8,5% para 8%. A diferença entre 8,5% e 2,6% ocorre porque os juros reais descontam a inflação projetada para os próximos 12 meses. Quem lidera o ranking é a China, com 3,7% de juros reais. Em segundo lugar, está a Rússia, com 3,5%. Os dados foram levantados pelo analista econômico da Cruzeiro do Sul Corretora, Jason Vieira. Durante anos, o Brasil teve os maiores juros reais do mundo, mas deixou essa possição após as sucessivas quedas na taxa Selic nominal. Na outra ponta, o país com as menores taxas de juros reais no ranking é Cingapura, com -4,7% ao ano. A segunda menor taxa é a da Venezuela, com -4,6%. …