Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Janeiro 26, 2012

Edição 640 | Ano IV

São Paulo / SP
Só latino-americanos mantêm otimismo

Sem solução à vista para a crise europeia, com os bancos cortando empréstimos e diante do risco de um novo solavanco na economia global, os latino-americanos são um dos poucos focos de otimismo na reunião do Fórum Econômico Mundial, aberta ontem, dia 25/1, em Davos.As avaliações do quadro financeiro continuam tétricas. Sem ação coletiva não haverá estabilidade financeira global, disse o presidente do Banco da Coreia, Kim Choong-Soo, resumindo um ponto de vista muito repetido e pouco levado em conta na prática, apesar da pregação insistente do Fundo Monetário Internacional (FMI) e de outras instituições, incluída a Comissão Europeia.
Nem mesmo a reforma bancária, com adoção de novos padrões de segurança recomendados por entidades internacionais, vem sendo implementada na mesma velocidade em todos os países. Enquanto isso, os bancos se tornam mais seletivos e mais cautelosos, dificultando a recuperação das economias em crise e agravando, …