Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Abril 8, 2011

Edição 524 | Ano III

Brasília / DF Governo quer freiar consumo O ministro da Fazenda, Guido Mantega anunciou ontem, dia 7/4, a elevação de 1,5 ponto porcentual na alíquota do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) incidente sobre todas as operações de crédito para pessoa física - incluindo financiamentos de automóveis e de imóveis. Com a medida, que entra em vigor amanhã, o tributo de 1,5% passa a 3% ao ano sobre operações com cartão de crédito, crédito direto ao consumidor e crédito consignado. Considerando a nova alíquota de 3% ao ano às pessoas físicas, o IOF vai de 0,0041% ao dia para 0,0082% ao dia. A medida, de acordo com Mantega, tem o objetivo de reduzir o consumo e, por consequência, a inflação. O ministro ressaltou que o novo imposto não incidirá sobre o crédito para empresas e investimentos. A avaliação de Mantega é que o crescimento do crédito está em 20% ao ano, o que é uma velocidade muito elevada. O ideal, de acordo com ele, é que esse crescimento seja em torno de 12% a 15% ao ano. “Estamo…