Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Dezembro 20, 2010

Edição 463 Ano III

São Paulo / SP
Grifes de luxo ampliam parcelas e linhas baratas para tornar mais acessível seus produtos
Logo que a Tiffany foi fundada, em 1837, as peças eram tão exclusivas que tinham numeração. Quando uma joia perdida chegava às lojas da grife, um funcionário a identificava e a devolvia para a casa do dono, pelo correio. O símbolo de exclusividade inspirou a linha "Return to Tiffany", que tem a peça mais "acessível" da grife, um pingente de prata cujo preço passa de duas centenas de reais. É o que a joalheria chama de luxo para todos. O conceito de "luxo acessível" tem estimulado as manufaturas do segmento a ampliar promoções e parcelamentos e a desenvolver itens mais "baratos", geralmente pequenos acessórios, que servem de porta de entrada para novos consumidores. "A ideia é que todos possam consumir um produto Tiffany. E o consumo é uma experiência singular. Por R$ 215, a pessoa recebe um pingente na caixa azul e abre o laço de fita Tiff…