Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Outubro 1, 2010

Edição Especial

Sem liberdade de imprensa não há política livre

“A liberdade política e a liberdade de imprensa são irmãs xipófagas. Uma depende da outra para viver. Onde não existe imprensa livre, não existe parlamento livre. E vice-versa.” Estas palavras de meu pai, Nelson Marchezan, resumem a importância que uma imprensa livre tem para os alicerces da democracia.

Aqui no Brasil, apesar das muitas vitórias da democracia, de tempos em tempos, surgem propostas de controle externo, embaladas das mais diferentes maneiras, mas sempre com o mesmo objetivo: censurar o trabalho dos meios de comunicação e calar os jornalistas.

O primeiro jornal ‘oficial’ brasileiro já nasceu com este ‘vício’ de origem. A Gazeta do Rio de Janeiro começou a circular em 10 de setembro de 1808 e era editada pela chamada “Imprensa Régia”, fundada pelo regente do Brasil à época, Dom João VI, e dirigida pelo Frade Tibúrcio Rocha. A Gazeta defendia os ideais imperiais e as teses que agradavam à Coroa Portuguesa. Foi criada como uma r…