Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Junho 28, 2010

Edição 351 | Ano II

Washington / EUA
FMI afirma que crescimento global melhorará se déficits caírem
O Fundo Monetário Internacional (FMI) estima que o crescimento mundial em cinco anos será 2,5% maior se os Estados Unidos e outros países ricos cortarem seus déficits mais do que estão planejando e se a China e outros grandes países emergentes estimularem o consumo interno. A avaliação do FMI foi feita a pedido do G-20 como parte dos esforços de "reequilíbrio" do grupo. Pelo plano, países com grandes déficits, especialmente os EUA, devem importar menos e poupar mais, enquanto aqueles com superávits, especialmente a China, devem fazer o oposto. O objetivo é definir como tornar o crescimento mais sustentável, já que os consumidores norte-americanos não devem importar tanto quando faziam no passado.
De acordo com a simulação do FMI, os países do G-20 estão divididos em grupos: países avançados com déficits comerciais, países europeus com superávits comerciais, países emergentes com superávits comerciai…