Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Março 29, 2010

Edição 294 Ano II

Brasília / DF
Contas externas do Brasil voltam a preocupar
O crescimento acelerado do deficit em transações correntes (soma de comércio exterior, juros da dívida externa, viagens internacionais, remessa de lucros de empresas) causa preocupação em quem acompanha a economia brasileira. Nessa situação, o país fica cada vez mais dependente do cenário financeiro internacional para bancar o saldo negativo, avaliam especialistas. No ano passado, o deficit ficou em US$ 24,334 bilhões, equivalente a 1,54% do PIB (Produto Interno Bruto), a soma de todos os bens e serviços produzidos no país. Neste ano, a previsão do Banco Central é de deficit de US$ 49 bilhões (2,53% do PIB). Trata-se de um cenário bem diferente do ano de 2006, quando o Brasil teve saldo positivo de US$ 13,984 bilhões.
O risco está num corte abrupto de financiamento externo, deixando o Brasil sem recursos suficientes para bancar o deficit corrente, como ocorreu nas crises de 1998 e de 2002. Para o economista Ricardo Carneiro, da U…