Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2010

Edição Especial | Ano II

Prezado Leitor,
Todos os sábados o i-press.biz Economia & Mercado presenteia seus leitores com a publicação de uma Reportagem Especial, tratando de temas atuais e de repercução nacional e internacional. Você também pode participar ativamente, mande sua sugestão de pauta para redacaoipressbiz@gmail.com e fale direto com nossos repórteres. E de segunda a sexta-feira, nossas edições diárias trazem todas as notícias importantes que você precisa saber sobre economia e o mercado.

Grande abraço,
Kátya Desessards
Editora-chefe
_______________________________

Mercado de Tecnologia

São Paulo / SP
Fuja das limitações dos emails e mande arquivos gigantes para seus amigos
Você já tentou mandar uma pasta de fotos em alta resolução para um familiar? Um par de músicas bacanas para seu melhor amigo? Um vídeo tutorial para seu colega de trabalho? Se sim, já deve ter se deparado com a limitação do email para grandes arquivos. Aprenda agora como escapar dela.

Usuários mais antigos se lembram do que era recebe…

Edição 271 | Ano II

Zurique/Alemanha e Brasília/DF
Redução de IPI não será renovada
O governo não renovará mais uma vez os estímulos fiscais para os produtos da linha branca nem para a indústria automobilística, anunciou ontem o ministro da Fazenda, Guido Mantega, por julgar que eles não são mais necessários ante a recuperação da economia. A redução da alíquota do IPI chega ao fim em 31 de março. "Os estímulos estão sendo já desativados", disse Mantega a jornalistas brasileiros em Zurique após enumerar avanços na performance do país. "Terminam neste fim de semana os da linha branca e, depois, os automobilísticos também têm data: 31 de março." Com isso, o IPI para fogão, geladeira e tanquinhos subirá a partir de segunda.
Indagado pela Folha se o governo não os renovaria como já fez no passado, Mantega respondeu: "Não vão ser renovados. Nós achamos que, se a economia já está com tudo isso, é porque ela não precisa mais de ajuda do Estado". A decisão do governo também reduz a pres…

Edição 270 | Ano II

Brasília / DF
Com manutenção da Selic, Brasil volta a ser líder em juros reais
A nova manutenção na taxa básica de juros, a Selic, feita pelo Copom - Comitê de Política Monetária - levou o Brasil a assumir novamente a liderança no ranking de juros reais. De acordo com estudo da consultoria Uptrend, o país volta ao primeiro lugar com taxa de 4%, seguido pela Indonésia, com 3,6%. O ranking, que mostra os juros nominais de 40 países subtraídos das projeções de inflação nos próximos 12 meses, tem China, com juros de 3,3%, e Austrália, com 2,4%, na terceira e quarta colocações, respectivamente. "A elevação de projeções de inflação em alguns países, aliada a diversas quedas de juros mundo afora, alterou novamente a dinâmica do ranking e colocou o Brasil mais uma vez no topo", afirma o relatório divulgado pelo presidente da consultoria, Jason Vieira. "O país perdeu parte de sua atratividade de investimentos em renda fixa com a entrada em vigor do IOF de 2% para aplicações de inv…